domingo, 6 de fevereiro de 2011

"Você pode ter todos os defeitos do mundo,

mais ainda é melhor do que o resto do mundo. Eu sempre me apaixono por você. Todas as vezes que te vi, nesses últimos quatro ou cinco anos, eu sempre me apaixonei por você. Eu sempre estive pronta pra começar algo, pra tomar um café de verdade, pra passear de mãos dadas no claro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais."

Autor Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget